Só quero

Sou muito mais do inverno que do verão.
É que o amor começa sempre no inverno. Foi no inverno que te vi chegar naquele café e eu, sem jeito e sem saber de fato o que fazer, fui me aconchegando já dentro do teu peito, que os olhos verdes tinham de longe me arrebato ao infinito dos apaixonados.
Eu fui canalha, eu fui prepotente e esquisita, pra te conquistar. Eu joguei meu ego às alturas pra fingir uma confiança inexistente. Eu era só uma menina a mais que você conhecia nessa cidade, mas seria, enfim, a última.
E no inverno dos dias de Julho, os sinos toacaram, então, naquela tarde de domingo. Você de cabelo preso e jaqueta xadrez, deslizando o all star até chegar à porta; meu coração não resistia, naminha cabeça uma voz explodia: “é ela, é ela!”.
Agora, eu só penso em achar um jeito de arranjar um canto, um micro-ondas e uma TV, que é pra esse nosso amor imenso ter onde morar. Um canto em que eu possa te ver acordar todas as manhãs, em que sejam os teus braços a me embalar as noites.
Eu só quero me casar com você.

Anúncios